As quatro velas

Quatro velas estavam queimando calmamente.
O ambiente estava tão silencioso que podia-se
ouvir o diálogo entre elas.

A primeira disse: Eu sou a Paz!
Apesar da minha luz as pessoas
não conseguem manter-me acesa.
E diminuindo sua chama devagarzinho,
apagou-se totalmente.

A segunda disse: Eu me chamo Esperança!
Infelizmente o trabalho ,e os problemas tem me sufocado.
as pessoas nem se lembram de mim,
por isso não faz sentido continuar queimando.
Ao terminar sua fala, um vento bateu levemente
sobre ela, e esta se apagou.

Baixinho e triste a terceira vela se manifestou:
Eu sou o Amor!
Não tenho mais forças para queimar.
As pessoas me deixam de lado, por que só
conseguem enxergar elas mesmas, esquecem até
daqueles que estão à sua volta.
E também se apagou.

De repente… entrou uma criança e viu
as três velas apagadas.
Que é isto?
vocês devem ficar acesas e queimar até o fim.
Então a quarta vela falou:
Não tenhas medo criança, enquanto eu estiver
acessa podemos acender as outras velas.

Então a criança pegou a vela da Fé
e acendeu novamente as que estavam apagadas.

“Que a vela da Fé nunca se apague
dentro de você…”

“Autor Desconhecido”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: