A recompensa

Certa vez, um anjo vestiu-se de rei e resolveu visitar as pessoas
na periferia da cidade. Num certo local , encontrou
um mendigo que  andava com um prato de arroz na mão e,
 quando este parou ao seu lado, o rei disse:
– Dê-me um pouco do seu arroz. O mendigo, então, olhou para
o rei e pensou:
– Ele pode ter tudo o quiser… – e foi bem mesquinho.
Pegou um único grão de arroz e deu ao rei. O rei, então,
fechou o grão dentro da mão do mendigo, tocou o seu cavalo
 e  foi  embora. Quando o mendigo abriu a mão, levou um susto.
 O grão de arroz tinha-se transformado numa pepita de ouro.
 Nesse momento, o mendigo olhou para o prato de arroz e saiu
 a correr atrás do rei, dizendo:
– Por favor, majestade, pare! Mudei de ideia, tome mais do meu arroz…
 Então, o rei disse:
– Não! Você já recebeu tudo aquilo que investiu na vida,
de bom grado e de bom coração. O que se recebe da vida
 é aquilo que nela se investe primeiro, nem mais, nem menos. É a lei.

Devemos fazer o bem sem esperar reconpença…E Deus no Seu tempo nos recompensará.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: